Livros/EbooksQuiosque

Alongamento do cérebro Pack 03 – 25 livros – 2018

Livro: VA – VA
Formato: PDF
Sinopse:
01 Clãs da Lua Alfa – Philip K. Dick
Qual é o limite entre a sanidade mental e a loucura? Imagine no futuro uma pequena lua, que tendo um dia servido de asilo para loucos, agora é um estado constituído. Com suas leis e problemas. As pessoas se reúnem em clãs – os Psicóticos, os Hebetizados, os Maníacos, os Paranóicos, os Esquizóides, os Depressivos – de acordo com suas doenças mentais.
O resultado é uma sociedade surreal e ao mesmo tempo bizarra, arremedo da nossa. A Terra continua existindo, mas, mesmo nesse espaço que conhecemos, estranhas criaturas circulam e interferem nos destinos humanos. Você irá conhecer a “matéria vis-cosa”, estranha forma de vida com exóticos poderes; Coelho Hentman, protagonista de um famoso programa de humor na televisão; Chuck Rittersdorf, nosso anti-herói e é claro… muitos “simulacros” , dos quais é melhor não falar por agora.

02 O Sol na Cabeça – Geovani Martins
Em “O sol na cabeça”, Geovani Martins narra a infância e a adolescência de garotos para quem às angústias e dificuldades inerentes à idade soma-se a violência de crescer no lado menos favorecido da “Cidade partida”, o Rio de Janeiro das primeiras décadas do século XXI.
Em “Rolézim”, uma turma de adolescentes vai à praia no verão de 2015, quando a PM fluminense, em nome do combate aos arrastões, fazia marcação cerrada aos meninos de favela que pretendessem chegar às areias da Zona Sul.
Em “A história do Periquito e do Macaco”, assistimos às mudanças ocorridas na Rocinha após a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora, a UPP. Situado em 2013, quando a maioria da classe média carioca ainda via a iniciativa do secretário de segurança José Beltrame como a panaceia contra todos os males, o conto mostra que, para a população sob o controle da polícia, o segundo “P” da sigla não era exatamente uma realidade.
Em “Estação Padre Miguel”, cinco amigos se veem sob a mira dos fuzis dos traficantes locais. Nesses e nos outros contos, chama a atenção a capacidade narrativa do escritor, pintando com cores vivas personagens e ambientes sem nunca perder o suspense e o foco na ação.
Na literatura brasileira contemporânea, que tantas vezes negligencia a trama em favor de supostas experimentações formais, O sol na cabeça surge como uma mais que bem-vinda novidade.

03 Flashback: Em a Flor de Sakura – Daniel Angrimani
Você já pensou em viajar no tempo? Visitar o tempo dos dinossauros, das famosas guerras e poder ver qualquer jogo de futebol do passado e do futuro. E quem sabe ir para o Japão Medieval se transformar em samurai? Para Flashback tudo isso é possível, mesmo ele sendo um garoto de apenas “quase” 15 anos de idade. Embarque nessa aventura com Flashback onde ele trava uma luta pela sua própria vida e dos seus amigos contra a temível fundação Sakura.
A voz me passou tranquilidade e era estranhamente familiar para mim. Ele me soltou. E eu me encolhi perto do abajur, e apontei a luz até a pessoa. O homem tinha uma roupa preta de borracha, usava uma bota alta também de cor preta que era presa por diversas presilhas, usava um capacete semelhante a de um motoqueiro, entretanto cabia perfeitamente no formato de sua cabeça e esse estava com a viseira fechada, em seu braço estavam diversos relógios, uma espada estava guardada em suas costas e ele estava sobre uma prancha.

04 Contato – Carl Sagan
Contato com extraterrestres não é sinônimo de homenzinhos verdes desembarcando de um disco voador. É muito mais: sinais captados num radiotelescópio podem conter mensagens capazes de nos fazer repensar toda a nossa concepção da vida e do universo.
Esse é o ponto de partida de Carl Sagan, que, aliando as tensões da melhor literatura ao conhecimento científico mais avançado, compõe um romance que pode provocar em nós todas as reações – menos a indiferença. Em Contato , o que está em jogo é o mundo tal como o conhecemos. Como quem faz uma aposta, Sagan nos convida a uma viagem assustadoramente fascinante pelo buraco negro que é a inteligência humana.

05 O Mundo Assombrado Pelos Demônios – Carl Sagan
Assombrado com as explicações pseudocientíficas e místicas que ocupam cada vez mais os espaços dos meios de comunicação, Carl Sagan reafirma o poder positivo e benéfico da ciência e da tecnologia para iluminar os dias de hoje e recuperar os valores da racionalidade. Como todos os livros do autor, * O mundo assombrado pelos demônios * está cheio de informações surpreendentes, transmitidas com humor e graça. Seus ataques muitas vezes divertidos à falsa ciência, às concepções excêntricas e aos irracionalismos do momento são acompanhados por lembranças da infância, quando seus pais o colocaram em contato pela primeira vez com os dois modelos de pensamento fundamentais para o método científico: o ceticismo e a admiração.[…]

06 A Torre de Ébano – John Fowles
A prodigiosa reputação adquirida por John Fowles como magistral contador de histórias vem a se fortalecer ainda mais com esta coleção de novelas, tão intrigantes e irresistíveis quanto tudo que escreveu antes. Caracteristicamente variadas em estiIo e assunto, são também temas de outros livros por ele escritos.
Em A Torre de Ébano um jovem pintor e crítico de artes visita velho pintor contemporâneo em seu retiro na Bretanha, vendo-se inesperadamente diante do desafio sexual e intelectual de um ménage extraordinário. A vida de egoísmo apaixonado do velho, sua coragem como pintor, acima de tudo suas duas amantes jovens, finalmente obrigam o visitante a uma reavaliação profunda de si próprio – como artista e como ser humano. Em Pobre Koko o escritor que foi vítima de ato insensato de vandalismo ís mãos de um invasor descobre que não foi ele próprio, mas algo muito mais profundo, que recebeu o ataque. O desaparecimento intrigante de um Membro do Parlamento, por todas as aparências feliz e bem sucedido, em O Enigma, não pode ser solucionado pelas técnicas policiais comuns; ao fim somente a intuição. pode desvelar o mistério. Em A Nuvem o tema central – narrado no contexto de longo dia de verão – é o isolamento amargo de uma jovem e recém-enviuvada inglesa que mora com a irmã expatriada e família da mesma, na França. A quinta obra da coleção é Eliduc, a tradução vivaz que John Fowles fez de uma história de amor e auto-renúncia medieval, na França. Nesse período da literatura, ao que ele acredita, encontra-se a origem da novela.
Muitíssimo satisfatórias pelas idéias que criam e imagens que sugerem essas novelas são modelos da arte em que seu narrador é mestre – cada qual uma jornada em que a viagem constitui prazer tão grande quanto a própria chegada.

07 Ossos Perdidos – Kathy Reichs
Como se a vida de Temperance Brennan já não fosse agitada o suficiente, desta vez ela se envolve com o assassinato de um comerciante de itens religiosos que parece ter encontrado um esqueleto que acredita-se ser de Jesus Cristo.
Tempe e o namorado, o detetive Ryan, não perdem tempo e, quando encontram a pista correta para desvendar o assassinato, percebem que estão no caminho de poderosas instituições. As pistas levarão o casal até a conturbada Israel, onde todos parecem ocultar alguma peça fundamental para a resolução do quebra-cabeça.
E apenas ela e Ryan terão coragem para enfrentar todos os obstáculos e desvendar esse mistério. Ossos perdidos é o segundo livro publicado no Brasil da coleção sobre Temperance Brennan, antropóloga forense especializada na investigação de restos de ossos humanos.[…]

08 Buracos Negros – Stephen Hawking
Em 2016 Stephen Hawking participou da série de palestras BBC Reith Lectures, promovida pela rede de televisão britânica BBC e transmitida pela rádio BBC 4. A cada ano uma figura proeminente em sua área é convidada a discorrer sobre temas relevantes. Naqueles meses de janeiro e fevereiro, Hawking falou sobre um assunto que há décadas ocupa lugar de destaque em suas pesquisas: os buracos negros.
Em duas exposições memoráveis, um dos maiores gênios da atualidade argumenta que, se pudéssemos compreender como os buracos negros funcionam e como eles desafiam a natureza do espaço e do tempo, seríamos capazes de desvendar os segredos do universo. Insights de toda uma vida são apresentados com a lucidez e a já conhecida verve cômica de Hawking, acrescidos de notas explicativas que situam o leitor nos trechos mais cruciais.
Enquanto a maioria dos especialistas se conforma com o fato de trabalhar com temas praticamente ininteligíveis para o público geral, Stephen Hawking tomou para si o papel de grande paladino da divulgação científica — e nesse pequeno livro, mais uma vez, extrapola todas as expectativas.

09 Medo Mortal – Robin Cook
Quando o famoso geneticista Alvin Hayes morre em condições violentas, o médico Jason Howard precisa utilizar mais do que seus conhecimentos clínicos para desvendar o que ele acredita ter sido um assassinato, e para impedir que uma sensacional descoberta científica se transforme numa terrível maldição. Desprezando os pareceres oficiais da polícia, que vinculam a morte de Hayes às suas relações com o lado sórdido da sociedade, Jason tenta provar que a solução do mistério não está nas ruelas do submundo de Boston, como o quer a polícia, mas nos laboratórios de avançada tecnologia genética, mantdidos pelo Hospital do Good Health Plan.
Decidido a solucionar a trama, Jason supera seus próprios problemas pessoais e transforma sua capacidade dedutiva. Suas investigações o levam dos resplandescentes laboratórios modernos aos tenebrosos sex clubs, das salas de visita de Beacon Hill à costa do Pacífico. Ao desenterrar a descoberta científica que o assassinato de Hayes pretendia ocultar, o médico se torna alvo de uma conspiração maligna, determinada a utilizar os conhecimentos sobre as origens da vida para criar o inferno sobre a Terra.

10 Brasil Globalizado – Octavio de Barros e Fabio Giambiagi
Esta obra apresenta abordagens distintas mas que partem de uma base comum: a plena certeza de que o Brasil pode aprofundar o seu amadurecimento em um futuro próximo e ocupar um merecido espaço no cenário econômico mundial.

11 Os Três Imperadores – Miranda Carter
Nos anos que antecederam a Primeira Guerra Mundial, as grandes potências europeias – Grã-Bretanha, Alemanha e Rússia – eram governadas por três primos: Jorge V (rei-imperador da Inglaterra, do Império Britânico e da Índia); Guilherme II (o último cáiser) e Nicolau II (o último tsar). Juntos, reinaram sobre os últimos anos da Europa dinástica, no início da mais destrutiva guerra até então já vista, inaugurando o século mais violento da história europeia.
A escritora e biógrafa Miranda Carter revirou em minúcias a correspondência entre os primos e vasculhou uma série de fontes históricas para desvendar os bastidores de um mundo fora de sintonia com a época. “Os três imperadores” é um retrato de três homens – o desacreditado e egocêntrico Guilherme, o discreto e teimoso Nicolau e o ansioso e diligente Jorge – e suas vidas, fraquezas e obsessões. Também apresenta uma análise precisa de figuras determinantes: a rainha Vitória – avó de dois deles –, cujo conservadorismo e obsessão com a família deixaram um perigoso legado; e Eduardo VII, que acabou revelando um notável talento para as relações internacionais e a teatralidade da política de massa. Ao mesmo tempo, a autora entrelaça um instigante relato dos acontecimentos que levaram à Primeira Guerra Mundial, mostrando de que maneira o pessoal e o político interagiam, com efeitos devastadores.
Para os três imperadores a guerra seria um desastre, acabando para sempre com a ilusão de seu estreito relacionamento familiar e deixando qualquer sentimento de paz e harmonia destroçado em traições, assassinatos e abdicações.Royal Society of Literature
Prêmio Orwell.

12 O Inverno de Frankie Machine – Don Winslow
Frank Machianno é um assassino de aluguel. Um assassino de aluguel aposentado, na verdade. Quando estava na ativa, era conhecido como Frankie Machine, mas os dias de crime ficaram no passado e ele leva uma vida tranquila no litoral de San Diego, onde é conhecido por ser um empresário comprometido e um pai e ex-marido exemplar.
Quando, porém, o filho do atual chefe da máfia lhe pede um favor, Frank se vê obrigado a atender, e as ameaças de sua antiga profissão voltam a atormentá- -lo. Alguém do passado o quer morto e Frank precisa descobrir quem e por quê. O problema é que o rol de candidatos é tão extenso quanto a lista telefônica da Califórnia e o tempo de Frankie está acabando.
Ao retratar com riqueza de detalhes a violência inata ao mundo da máfia, Don Winslow construiu um thriller magnífico, repleto de ação e de personagens carismáticos. Combinando bom humor, inteligência e dinamismo, O inverno de Frankie Machine transporta o leitor para os cenários quentes de San Diego e da cultura surfista, com o auxílio de um anti-herói cativante.
“Um thriller envolvente. Assim como o personagem principal de seu livro, Don Winslow é bom no que faz.” The Wall Street Journal

13 Ponto e Vírgula – Paula L. Jackson
Livre como um pássaro, é assim que Flor de Lis gosta de ser. Aos 22 anos, vivendo uma situação que poderia ter lhe derrubado e deixado triste, ela escolheu voar o mais alto possível, e fazer tudo aquilo que lhe desse vontade.
Criar vínculos se tornara seu maior medo nos últimos tempos. Não porque abominasse o amor ou algo do tipo, o fato é que não queria envolver profundamente alguém em sua vida. Não seria certo consigo, muito menos com o envolvido.
No entanto, o destino é muito mais imprevisível do que ela pensa, e vai se mostrar muito mais difícil de controlar também. A chegada de Vicente irá provar para Flor de Lis que nossos planos podem ser modificados.
Entre beijos, transas aleatórias e corridas matinais eles irão descobrir a completude por trás da força do amor.
E que histórias fortes jamais são pontuadas, apenas virguladas.
Uma história sobre amor, força, fé, superação e lições.

14 Aos Dezessete Anos – Ava Dellaira
Quando tinha dezessete anos, Marilyn viveu um amor intenso, mas acabou seguindo seu próprio caminho e criando uma filha sozinha. Angie, por sua vez, é mestiça e sempre quis saber mais sobre a família do pai e sua ascendência negra, mas tudo o que sua mãe contou foi que ele morreu num acidente de carro antes de ela nascer.
Quando Angie descobre indícios de que seu pai pode estar vivo, ela viaja para Los Angeles atrás de seu paradeiro, acompanhada de seu ex-namorado, Sam. Em sua busca, Angie vai descobrir mais sobre sua mãe, sobre o que aconteceu com seu pai e, principalmente, sobre si mesma.

15 O Morto Certo – Jorge Semprún
Surpreendente, corajoso, assustador, O morto certo é um romance semi-autobiográfico que narra a história do próprio autor, quando esteve aprisionado no campo de concentração de Buchenwald e teve, sem alternativa, de assumir a identidade de um jovem moribundo, estudante de filosofia como ele, para continuar vivo. A partir desse episódio aterrorizante, Jorge Semprun narra do dia-a-dia de Buchenwald, mostrando ao leitor como o comando informal do campo cabia aos comunistas alemães, enquanto a imensa plebe morria à míngua pelos cantos.

16 Lincoln no Limbo – Um Romance – George Saunders
Ganhador do prestigioso Man Booker Prize 2017, Lincoln no limbo é uma narrativa original e emocionante. EM 1862, em meio à Guerra Civil Americana, morre, aos onze anos de idade, Willie Lincoln, filho do lendário presidente Abraham Lincoln. A Tragédia leva a um luto desesperado o homem que daria fim à escravidão nos Estados Unidos.
Com a morte do filho ainda na infância, Abraham Lincoln, o presidente mais importante da história da democracia, vê seu mundo desmoronar. EM plena Guerra Civil, Lincoln esquece o país em conflito para lamentar, no limite da loucura, a morte do filho. NOite após noite, dirige-se à capela do cemitério para abraçar o cadáver do jovem Willie.
A partir desse acontecimento histórico, o escritor George Saunders rejeita as convenções literárias realistas e compõe uma narrativa passada no além — no limbo do título, ou melhor, no “bardo” do budismo tibetano, o estágio intermediário entre a morte e o renascimento. LÁ, acompanhamos a jornada do jovem Willie, incapaz de aceitar que está morto. UM romance surpreendente, que reinventa o gênero de forma radical.
Alternando registro metafísico e documentos históricos e sem medo de abraçar o experimentalismo, Saunders coloca em movimento questões existenciais, históricas e políticas e cria uma obra absolutamente única no cenário contemporâneo.

17 Berlim – 1961 – Frederick Kempe
A história da crise política que deflagrou a construção do Muro de Berlim e definiu os rumos da Guerra Fria.
Em junho de 1961, Nikita Khruschóv chamou Berlim de “o lugar mais perigoso do mundo”. Ele não exagerava: a resistência das potências ocidentais em desocupar militarmente a porção oeste da cidade, conforme exigido por diversos ultimatos do líder comunista – que tentava conter as correntes de refugiados do Leste -, gerou sem dúvida a mais grave crise política do pós-guerra.
Culminando na construção do símbolo máximo da divisão do globo entre dois grupos antagônicos – o Muro de Berlim, que tornava palpável a metafórica Cortina de Ferro de Winston Churchill -, a crise de 1961 foi a primeira e única vez na história em que militares e tanques norte-americanos e soviéticos estiveram frente a frente, a metros de distância. Um erro, um soldado que perdesse o controle, um comandante menos preparado, qualquer escaramuça poderia ter gerado uma guerra atômica em questão de minutos.
Era um jogo temerário, de cujo resultado poderia depender a sobrevivência do planeta. De um lado da mesa, um presidente norte-americano pouco experiente e ainda carregando as cicatrizes da condução desastrada dos eventos na baía dos Porcos. De outro, um premiê soviético sofrendo pressões dos chineses, alemães orientais e grupos linhas-duras em seu próprio governo – e que, com a aproximação do congresso do Partido Comunista, sabia que Berlim seria determinante não apenas para o seu futuro como para o do próprio Kremlin. Nenhum dos jogadores conseguia decifrar (nem sequer entender) o outro, e a cada semana que passava a situação se tornava mais crítica.
Baseado em amplo repertório de fontes novas e entrevistas, Berlim, 1961 narra em ritmo de thriller este que foi um dos eventos cruciais do século XX, e é leitura obrigatória para a compreensão da história da Guerra Fria.
“Berlim, 1961 é o que de melhor foi escrito sobre a mais perigosa crise da Guerra Fria, com muitas lições para o presente.” – Henry Kissinger

18 Propriedade e Liberdade – Richard Pipes
Para Richard Pipes a propriedade é um ingrediente indispensável não só para o progresso econômico, mas para a liberdade, a aplicação da lei e a garantia dos direitos civis. Nesta obra ele mostra como a propriedade privada serviu de barreira ao poder do Estado, habilitando o mundo ocidental a desenvolver instituições democráticas ao longo da História.
O autor examina o tratamento da questão da propriedade nos estados totalitários do século XX e aponta como, nos Estados Unidos, a proteção da propriedade privada enraizada nos princípios dos ”Pais da Pátria” tem sido uma contribuição para o bem-estar público. Faz também um alerta sobre como as abordagens contemporâneas do tratamento da propriedade ameaçam os direitos dos cidadãos, refletindo, ainda, sobre a influência destas tendências para o futuro da sociedade.

19 O Amante – Marguerite Duras
Saigão, anos 30. Uma bela jovem francesa conhece o elegante filho de um negociante chinês. Deste encontro nasce uma paixão. Ela tem quinze anos e é pobre. Ele tem vinte e sete e é rico. Os amantes, isolados num mundo privado de erotismo e autodescoberta, desafiam as convenções da sociedade.
Enquanto ela desperta para a possibilidade de traçar o seu próprio caminho no mundo, para o seu amante não há fuga possível. A separação é inevitável e tragicamente cadenciada pelos últimos acordes da presença colonial francesa a Oriente.
A jovem é a própria autora e este é o relato exacerbado de uma paixão inquieta e dilacerante. De tão etérea, a sua realidade gravar-lhe-ia no rosto marcas implacáveis de maturidade. Para o mundo, fica uma obra que contém toda a vida.
Obra intemporal, relato de um mundo perdido, O Amante foi vencedor do prestigiado Prémio Goncourt, em 1984, e confirmou o génio literário de Marguerite Duras, nome cimeiro da literatura mundial.

20 A Vida no Céu – José Eduardo Agualusa
A Vida no Céu é um romance distópico, num futuro que se segue ao Grande Desastre, e em que o Mundo deixou de ser onde e como o conhecemos. Encontrando-se o globo terrestre inteiramente coberto por água, e a temperatura, à superfície, intolerável, restou ao Homem subir aos céus. Mas essa ascensão é literal (não é alusiva ou simbólica): a Humanidade, reduzida agora a um par de milhões de pessoas, habita aldeias suspensas e cidades flutuantes – dirigíveis gigantescos denominados Tóquio, Xangai ou São Paulo -, e os mais pobres navegam o ar em pequenas balsas rudimentares. Carlos Benjamim Moco é o narrador da história. Tem 16 anos e nasceu numa aldeia, Luanda, que junta mais de cem balsas. O desaparecimento do pai fará com que Benjamim decida partir à sua procura

21 Filhos do Éden – Anjos da Morte – Livro 2 – Eduardo Spohr
Desde eras longínquas, os malakins, anjos virtuosos e sábios, observam e estudam o progresso do homem. Mas eis que chega o século XX, e com ele a acelerada degradação do planeta. Os novos meios de transporte, os barcos a vapor e as estradas de ferro levaram a civilização aos cantos mais distantes do globo, afastando os mortais da natureza divina, alargando as fronteiras entre o nosso mundo e as sete camadas do céu.
Isolados no paraíso, os malakins solicitaram então a ajuda dos “exilados”, anjos pacíficos que há anos atuavam na terra. Sua tarefa, a partir de agora, seria participar das guerras humanas, de todas as guerras, para anotar as façanhas militares, o comportamento das tropas, e depois relatá-las aos seus superiores celestes. Disfarçado de soldados comuns, esse grupo esteve presente desde as trincheiras do Somme às praias da Normandia, das selvas da Indochina ao declínio da União Soviética. Embora muitos não desejassem matar, foi isso o que lhes foi ordenado, e o que infelizmente acabaram fazendo.
Carregado de batalhas épicas, magia negra e personagens fantásticos, “Filhos do Éden: Anjos da Morte” é também um inquietante relato sobre o nosso tempo, uma crítica à corrupção dos governos, aos massacres e extremismos, um alerta para o que nos tornamos e para o que ainda podemos nos tornar.

22 Filhos do Éden – Herdeiros de Atlântida – Livro 1 – Eduardo Spohr
Autor do bestseller A Batalha do Apocalipse, o carioca Eduardo Spohr lança seu aguardado segundo romance Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida. Com mais de 145 mil exemplares de seu livro de estreia vendidos, o autor comprouve-se um fenômeno editorial por ter sido o único brasileiro presente por vários meses nas listas de mais vendidos do gênero ficção em 2010, revelando a força de consumo cultural de um segmento de jovens cada vez maior, comumente denominados nerds.
Seu novo romance, um fascinante thriller de fantasia é o primeiro volume de uma saga que mistura História, romance e mitologia. Em meio a uma guerra no céu entre o arcanjo Miguel e os exércitos rebeldes do arcanjo Gabriel, dois anjos são enviados à Terra para encontrar Kaira, líder dos rebeldes há anos desaparecida.

23 Doctor Who – Hora Nenhuma – Neil Gaiman
Doze Doutores, doze contos, doze autores: uma celebração de aniversário para Doctor Who! Os mais consagrados autores de ficção infantojuvenil criam, cada um, sua própria e única aventura sobre o carismático viajante do tempo.
Milhares de anos atrás, os Senhores do Tempo construíram uma prisão para o Kin. Construíram-na para ser impenetrável e inalcançável. Enquanto os Senhores do Tempo existissem, o Kin permaneceria em sua Prisão e o universo estaria a salvo. Eles tinham tudo planejado… tudo, menos a Guerra do Tempo e a queda de Gallifrey. Agora, o Kin está livre outra vez e no universo só existe um Senhor do Tempo que pode pará-lo!

24 Dispara, Eu Já Estou Morto – Julia Navarro
Um romance extraordinário sobre o conflito israelo-árabe retratando personagens inesquecíveis, cujas vidas se entrelaçam com os momentos-chave da história a partir do final do século XIX a meados do século XX, e recriando a vida em cidades emblemáticas como São Petersburgo, Paris e Jerusalém. Aqui Julia Navarro conduz o leitor através de relações duras de homens e mulheres que lutam por uma parcela de terra onde possam viver em paz.

25 O Maior Amor do Mundo – Seré Prince Halverson
Ella Beene vive uma vida idílica numa pacata cidade americana, com o marido, Joe, e os dois filhos do primeiro casamento deste. Certo dia, porém, infringindo uma regra de ouro, Joe vira costas ao mar e uma onda arrasta-o para o fundo, levando consigo os seus muitos segredos.
Convencida de que a mãe biológica dos filhos, Paige, os tinha abandonado, é com grande surpresa que Ella a vê aparecer no funeral, decidida a recuperar a custódia.
À medida que os segredos emergem, Ella vê a sua vida perfeita ruir como um castelo de cartas. Mas há duas crianças que precisam de si mais do que nunca e pelas quais está disposta a enfrentar todas as adversidades…
[/su_spoiler]

Para aceder aos links de download vai para a pagina 2

Previous post

Me Chama de Bruna 720p. S01 EP07.

Next post

Bella da Semana - Nalu Kasmierski (2016) [Fotos + Video]

BrasilTuga

BrasilTuga

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.